Ensino Médio

Ensino Médio

O Ensino Médio destina-se aos candidatos que tenham concluído o ensino fundamental e compõe-se por duas partes: Base Nacional Comum e Parte Diversificada. As disciplinas da Parte Diversificada objetivam ao desenvolvimento de capacidades e de condutas importantes na atualidade, visando à formação para o exercício da cidadania e preparação para o trabalho.

O Ensino Médio, corresponde ao que ainda é conhecido como Ensino de 2º Grau ou como Colegial. A mudança de nome deve-se à lei de Diretrizes a Bases da Educação – LDB nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. É oferecido pela nossa Escola e tem duração de três anos. O ingresso dá-se por meio de um exame de seleção unificado – o Vestibulinho, realizado uma vez por ano.

O currículo do Ensino Médio será estruturado em três ciclos anuais correspondentes cada um a dois semestres letivos, com duração de 800 horas e 200 dias letivos.

O currículo compreenderá:

1) Componentes curriculares que integram a base nacional comum e contribuem para consolidar a formação global comum;

2) Componentes curriculares da parte diversificada, conforme dispuser a Legislação Federal e ou Estadual, agrupados em:

 

  • Componentes curriculares profissionalizantes de caráter geral;
  • Componentes curriculares de caráter técnico;
  • Pelo menos uma língua estrangeira moderna.

O Ensino Médio é a etapa final de Educação Geral afinada com a contemporaneidade, com a construção de competências, que situem o educando como sujeito de conhecimento e participante do mundo do trabalho.

Nossa proposta é diferenciada da rede estadual de Educação pois visa:

 

  • A formação da pessoa de maneira a desenvolver valores e competências necessárias a integração de seu projeto individual ao projeto da sociedade em que se situa;
  • O aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico;
  • A preparação e orientação básica para a sua integração no mundo do trabalho, com as competências que garantam seu aprimoramento profissional e permitam acompanhar as mudanças que caracterizam a produção no nosso tempo;
  • O desenvolvimento das competências para continuar aprendendo, de forma autônoma e crítica em níveis mais complexos de estudo.

Temos condições de atender a Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI em seus dois aspectos:

 

  • A educação deve cumprir um triplo papel: econômico, científico e cultural;
  • A educação deve ser estruturada em quatro alicerces: Aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver e aprender a ser.

Deixe uma resposta